MEDITAÇÃO NA PSICOTERAPIA SOMÁTICA

Contemplar esse tema dentro da Formação em Psicoterapia Somática, é convidar cada participante a dar os primeiros passos na construção do papel do terapeuta. Papel esse que se constrói de dentro para fora, numa mudança de atenção, ritmo e abertura.

A meditação é um tema relevante na história da humanidade, principalmente nas culturas orientais, pensando nisso não temos a pretensão de esgotar esse tema dentro deste texto.

A nossa intenção é iniciar esse tema e principalmente essa prática que acompanhará toda a nossa vida como terapeutas ou psicoterapeutas.

A palavra meditação vem do latim meditare que significa caminho do meio. É um estado de atenção que possibilita ao indivíduo manter a qualidade do contato, experienciando tudo o que está acontecendo no momento presente.

Voltar-se para o interior e contactar com a sabedoria interna.

Segundo a professora, Maria del Mar a sabedoria é utilizar os recursos internos para fluir na vida e pulsar…

Na psicoterapia somática o nosso trabalho é facilitar o contacto com a sabedoria que muitas vezes está encoberta pelas várias interferências, assim como pensamentos intrusivos que aparecem em nós.

No trabalho meditativo passamos por 3 desafios que dificultam a prática – a mente agitada, desativar o sistema de alarme e o cansaço/sono.

A nossa tarefa é cuidar desses desafios de acordo com a urgência. E assim vamos ampliando nossa relação com o corpo-emoções-pensamentos. Nesse trabalho a atenção curiosa, abertura à experiência, deixar-se tocar pelo encontro são atitudes dentro do trabalho meditativo na psicoterapia somática.

Deixe uma resposta